O que quer achar aqui no blog?

1° de ABRIL

 


O Dia da Mentira

Há muitas explicações para o 1 de abril ter se transformado no dia da mentira, também conhecido como dia das mentiras, dia das petas, dia dos tolos (de abril) ou dia dos bobos. Uma delas diz que a brincadeira surgiu na França[carece de fontes?] . Desde o começo do século XVI, o Ano Novo era festejado no dia 25 de março[carece de fontes?] , data que marcava a chegada da primavera[carece de fontes?] . As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1 de abril.
Em 1564, depois da adoção do calendário gregoriano, o rei Carlos IX de França determinou que o ano novo seria comemorado no dia 1 de janeiro. Alguns franceses resistiram à mudança e continuaram a seguir o calendário antigo, pelo qual o ano iniciaria em 1 de abril. Gozadores passaram então a ridicularizá-los, a enviar presentes esquisitos e convites para festas que não existiam. Essas brincadeiras ficaram conhecidas como plaisanteries.
Em países de língua inglesa o dia da mentira costuma ser conhecido como April Fool's Day, "Dia dos Tolos (de abril)"; na Itália e na França ele é chamado respectivamente pesce d'aprile e poisson d'avril, literalmente "peixe de abril".
No Brasil, o primeiro de abril começou a ser difundido em Minas Gerais, onde circulou A Mentira, um periódico de vida efêmera, lançado em 1º de abril de 1828, com a notícia do falecimento de Dom Pedro, desmentida no dia seguinte. A Mentira saiu pela última vez em 14 de setembro de 1849, convocando todos os credores para um acerto de contas no dia 1º de abril do ano seguinte, dando como referência um local inexistente.

Superstições
Tradicionalmente, supõe-se que as peças encerrem à meia-noite. Supõe-se que os feitos posteriormente tragam a má sorte ao perpetrador. Contudo, isto não é universalmente aceito, e muitas peças já foram praticadas depois da meia-noite.
Alguém que não consegue aceitar os truques, ou tirar proveito deles dentro do espírito da tolerância e do divertimento também deve sofrer com a má sorte. Também se diz que aquele que for enganado por uma bonita menina será recompensado com o matrimônio, ou pelo menos a amizade dela.
Atualidade
A Internet faz com que seja difícil de saber se uma peça é perpetrada antes ou depois do meio-dia. Os fusos horários são diferentes em partes diferentes do mundo. O 1 de abril (ou primeiro de abril) não acontece simultaneamente em todo o mundo.
Pessoas não-residentes no ocidente pouco conhecem o costume do Dia das Mentiras e são mais vulneráveis a peças na internet.
Boatos"Em primeiro de Abril vão os burros aonde não devem ir". Muitas organizações de mídia propagaram inconscientemente ou deliberadamente peças no Dia das Mentiras. Mesmo agências de notícias sérias consideram o Dia das Mentiras uma brincadeira normal, e uma tradição anual.
O advento da internet como um meio de comunicação mundial serviu para facilitar os traquinas no seu trabalho.

Walt Disney criou uma versão para o clássico infantil Pinóquio, dando ênfase à brincadeira, mostrando para a criançada o quanto mentir pode ser ruim e prejudicial para a vida das pessoas. Ziraldo, um escritor brasileiro da literatura infanto-juvenil, também conta histórias sobre as mentiras, através do tão famoso personagem, o Menino Maluquinho. Em "O Ilusionista", Maluquinho descobre o mal provocado por roubar, fingir e mentir.
Pregar mentiras nesse dia é uma brincadeira saudável, porém o respeito e o cuidado devem ser lembrados, para que ninguém saia prejudicado, afinal, a honestidade é a base para qualquer relacionamento humano.

Fontes:

Projeto Identidade para Berçário

Mais uma vez, em minhas andanças e procuras, encontrei mais um ótimo trabalho. E este nem foi muito longe. Ao lado de minha sala de aula, encontrei o “Projeto  Identidade”, que a professora Cláudia Quiles e sua equipe, Eliene Pereira e Neusa Brandão do  CEIM Claudina estão realizando com seus alunos, na sala do Berçário II.
 Na faixa de 0 a 3 anos, explorar o eixo identidade e autonomia envolve ajudar os pequenos a desenvolver o reconhecimento da própria imagem,  essas oportunidades de exploração vão ajudá-los a manter o contato com a própria imagem e a identificar a figura do outro. Além disso, você pode trabalhar características diversas, partes do corpo,  desenvolver a coordenação motora do aluno ao realizar as atividades e ao mesmo tempo em que estará também podendo explorar as cores.


Você vai precisar de:

Caixas de leite  ( mesma quantidade de alunos da sala)
Guache
Papel pardo
1 fotografia de cada aluno

Desenvolvimento:
Primeiramente é necessário encher as caixas com papel (qualquer tipo) para que elas fiquem firmes, então seus alunos podem ajudar você, rasgando papeis, fazendo bolinhas até cada um encher sua própria caixa. Feche a caixa e encape-as com papel pardo, assim os alunos poderão pintá-las com tinta guache com suas mãos ou pincéis.
Depois de secas cole a foto de cada um em sua caixa, (uma sugestão é encapá-las com fita transparente grossa ou papel contact, para conservar  mais seu material de trabalho)  e estará pronta a brincadeira!
Você poderá fazer brincadeira de adivinhar quem é,  falar sobre as partes do corpo, pode brincar como blocos de montar, explorar variadas cores conforme a pintura de cada caixa, e várias outras opções de brincadeiras, pode utiliza-lás ao longo do ano letivo, conforme o desenvolvimento de seus alunos.
Algo a mais: Você pode fazer também de alunos que não estão mais presentes na sala, que foram transferidos, que se mudaram de escola ou cidade, desenvolvendo conceitos iniciais de localização, ambiente, distância...

Equipe do Berçário II estão de parabéns, amei a idéia, e já avisei que vou copiar!


Equipe Berçário II
(Estagiária Neusa, Estagiária Eliene, Profª Claudia)

RECEBA AS NOVIDADES EM SEU EMAIL!

SIGA O BLOG

CURTA NOSSA FAN PAGE

NOS SIGA NO PINTEREST

Arquivo do blog